Sejam Bem Vindos

Olá,
Fiquem a vontade para navegar no meu blog, temos aqui a finalidade é discutir questões relacionadas a Educação, Tecnologia, Religião, Política, Sociedade, Historia, Prática Pedagógica, Pedagogia Empresarial etc. Bem como manter o público atualizado sobre os eventos (cursos,seminários,congressos, amostras culturais etc) que acontecem na área de Educação e/ou tecnologia.

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

CREDIBILIDADE

Sociedade


[Seja] exemplar o vosso procedimento no meio dos gentios, para que […] observando-vos em vossas boas obras, glorifiquem a Deus… —1 Pedro 2:12



A recente crise financeira global fez as pessoas prestarem mais atenção aos extratos bancários. Quando o crédito era fácil de conseguir, algumas pessoas se tornaram descuidadas em sua maneira de usá-lo. Não se importavam em economizar para comprar o que queriam; simplesmente faziam empréstimos. Ter dívidas não era um grande problema. Em uma crise, no entanto, não é mais assim. Ter um bom nome como credor se tornou subitamente muito importante.
Logo após um anúncio de serviço de restauração de crédito, um noticiário local disse: “Restauração de crédito não está à venda; você deve lutar por ele.”
O mesmo princípio se aplica à credibilidade de nossas vidas. Não podemos comprá-la; às vezes precisamos lutar por ela. Pode ser que possamos “emprestar” credibilidade por um tempo, associando-nos às pessoas que têm credibilidade, mas cedo ou tarde precisaremos da nossa própria.
A credibilidade é resultado da capacidade de gerar confiança. É essencial para os cristãos, por que nossas vidas afetam a reputação de Deus (1 Pedro 2:12). Quando nos chamamos pelo nome de Cristo — cristãos, Sua reputação fica ligada à nossa. Se as pessoas têm motivo para não acreditar em nós, poderão não acreditar em Deus.
A maneira de ganhar credibilidade é viver honradamente. Outras pessoas então crerão, e glorificarão a Deus.
Se cuidarmos do nosso caráter, nossa reputação cuidará de si mesma.

Fonte: http://ministeriosrbc.org/ (por Julie Ackerman)

Nenhum comentário: